O Inhotim e o British Council apresentam a peça Susurrus, uma nova experiência para os visitantes do Instituto durante os meses de março e abril

Uma peça sem atores e sem palco. Esta é a proposta do espetáculo escocês Susurrus durante a sua temporada no Inhotim. Entre os dias 15 de março e 07 de abril, todas as sextas, sábados e domingos, das 10h às 15h, os visitantes serão convidados a participar de uma nova experiência. Com um mp3 e um mapa em mãos, o público inicia uma caminhada pelo parque ouvindo a peça inspirada na narrativa de Shakespeare em “Sonho de uma noite de verão”. “Esta é a primeira vez que o visitante do Inhotim poderá participar de uma programação cultural, neste caso uma peça de teatro, ao mesmo tempo em que realiza um percurso pelo parque”, conta Morgana Rissinger, coordenadora de Programação Cultural do Instituto.

Susurrus faz parte do programa Transform, que busca promover o intercâmbio artístico entre o Brasil e o Reino Unido. “A proposta desta temporada  é promover novas experimentações e linguagens do teatro escocês contemporâneo”, explica Liliane Rebelo, gerente de Projetos de Artes British Council.

Susurrus, da companhia Fire Exit, foi escrita e dirigida pelo dramaturgo escocês David Leddy. Com uma grande estreia nos jardins botânicos de Glasgow na Escócia, o espetáculo já passou por sete países e propõe uma nova experiência na natureza do Inhotim. Em 2011, a peça recebeu o prêmio Outstanding Special Event do San Diego Theatre Critics Circle Award nos EUA. Na temporada brasileira de 2013, Leddy vai ministrar oficinas em Belo Horizonte, na sede do grupo Espanca! e  em São Paulo. A ação em Minas Gerais é fruto da parceria entre o Instituto Inhotim, e o British Council, com apoio do SESI-SP.