Eduardo foi criado num bairro da periferia de São Paulo. Sua infância foi em meio a brincadeiras nas ruas de Jardim Ângela e a boa educação dada por sua mãe Solange. Nada disso impediu que Eduardo traçasse o percurso que o levou a mergulhar no universo delirante e auto-destrutivo das drogas. O filme conta o drama de um filho perdido no crack e as desesperadas tentativas de sua mãe de salvá-lo. Na dependência do crack não existem culpados, nem limites.

Elenco: Caique Oliveira, Caio Blat, Einat Falbel, Thogun Teixeira, Solange Couto, Silvio Guindane, Lucas Hornos, Guillermo Hundadze, Erika Aschar e outros.

Metanoia recebeu 8 estatuetas no 2º FNCC: Melhor roteiro, melhor ator, melhor atriz, melhor direção de arte, melhor fotografia, melhor direção e melhor filme. Metanoia participará do Gideon Media Arts Conference and Film Festival, um dos maiores festivais de cinemas do mundo, realizado nos Estados Unidos.