Como transformar seu vídeo em viral

By 26 de julho de 2014 agosto 24th, 2015 Não categorizado

FONTE: http://sambatech.com/blog/

videoviral2-06Existe fórmula garantida para o sucesso? É possível seguir uma receita para fazer seu vídeo incendiar as redes sociais e atingir o sonhado status de ‘viral’? Nem o mais experiente produtor de cinema ou a mais poderosa emissora de televisão acertam sempre. Ainda bem, porque é isto que permite a qualquer um fazer, até por acidente, um vídeo viral. E como os vídeos em breve responderão por mais de 80% do tráfego na internet, há muito dinheiro a ser feito nesse mercado. Confira algumas dicas para gravar o próximo sucesso.

>> Veja o artigoConteúdo, tecnologia e a viralização de vídeos na internet

1. Saiba que só existe viral se for “logo de cara”

A difusão de seu vídeo tem que ser muito rápida, enquanto ele ainda é novidade. Pesquisa da empresa de marketing Unruly mostra que mais de 40% do compartilhamento de um vídeo ocorre nos três primeiros dias. A curva hoje é mais aguda em relação a 2013, ou seja, a ‘viralização’ ficou ainda mais concentrada logo após a estreia. Um vídeo viral não é como uma queimada na floresta, que se espalha lentamente e de repente ganha terreno; nem se parece com aquele blockbuster do James Cameron que fica meses em cartaz. Ao contrário, o viral parece cada vez mais com o meme do momento, discutido intensamente e rapidamente abandonado. Ou estoura de uma vez, ou é melhor partir para o próximo vídeo.

2. Faça algo espontâneo

Muitos dos virais mais bem-sucedidos foram gravados em casa ou na rua em momentos espontâneos, envolvendo pessoas totalmente desconhecidas ou crianças em situações divertidas. É o caso de David After Dentist e Three Random Guys. Evidentemente, você não pode planejar fazer algo espontâneo (seria uma contradição em termos). Mas se seu vídeo tiver a mesma energia de algo espontâneo, pode agradar a muita gente.

3. Conte uma história

Não é possível viralizar apenas atraindo público. É fundamental que quem assista queira compartilhar – são eles quem vão divulgar seu vídeo. Para isso é preciso que seu vídeo seja um produto pronto, bonito, do qual as pessoas tenham certo orgulho em mostrar em suas timelines. A forma mais fácil de fazer isso é contar uma história fechadinha, com início, meio e fim. “O Último Jogo” da Nike conta a história de uma distopia na qual os jogadores de futebol são substituídos por clones perfeitos, e claro que cabe a nossos ídolos derrotá-los.Johnny Express é a fábula de um entregador de pacotes do futuro. Todos gostamos de histórias e queremos contar para os outros as melhores.

>> Não deixe de conferirPorque você deve apostar em storytelling na hora de produzir seus vídeos

4. Apele para algo já famoso

Uma paródia, versão, videoclipe ou ilustração de algo que já é famoso tem grandes vantagens na hora de viralizar. Você pode filmar um personagem de filmes numa estação de trem. Imaginar como seria na vida real uma corrida de Mario Kart. Ou bolar um videoclipe para uma música antiga. O produtor Andrew Lloyd Webber ganha a vida assim, fazendo musicais a partir de histórias que já existem, sejam da Bíblia (Jesus Cristo Superstar), de livros do começo do século XX (O Fantasma da Ópera) ou da história real (Evita). Também faz parte dessa dica um truque muito usado (não à toa) na TV: traga uma pessoa famosa para o seu vídeo.

>> Você também pode gostarVeja como ficou o Harlem Shake da Samba

Bom, essas são as formas mais bem-sucedidas para fazer um viral. Que acha delas? Deixe seu comentário e compartilhe!